CORTESIA, ETIQUETA E PROTOCOLO NO ATENDIMENTO

Inicio > formação profissional > Cortesia, etiqueta e protocolo no atendimento

Público

Profissionais ativos, empregados e desempregados que, no âmbito da sua formação contínua, pretendam aperfeiçoar/atualizar os conhecimentos nas respetivas áreas de formação.

Objetivos

  • Aplicar as regras de cortesia e etiqueta, favorecendo a imagem e o atendimento empresarial; 
  • Aplicar as regras do protocolo no atendimento.

Programa

Imagem 

  • Requisitos de uma boa imagem pessoal e profissional 
  • A importância da comunicação não verbal na projeção da imagem 
  • Apresentações e cumprimentos 
  • Vestuário profissional feminino e masculino 

Tratamento honoríficos (escritos e Verbais)

  • Oficiais 
  • Empresariais 
  • Eclesiásticos 
  • Nobiliárquicos 
  • Militares 

Civilidade no Escritório 

  • Cortesia no atendimento - Protocolo aplicado à comunicação escrita 
  • Organização e comportamento em: 
  • Reuniões de trabalho 
  • Refeições 
  • Precedências

Condições de Acesso

  • UFCD de nível 4 – 3º Ciclo do ensino básico (9º ano de escolaridade) ou equivalente;
  • Profissionais ativos (trabalhadores independentes), empregados ou desempregados;
  • Ter entre 18 e 64 anos.

25 horas

2ª, 4ª e 6ª | 20h-23h 11 de Dezembro até ás 24h

Lourinhã

UFCD 703

Certificação

No final do curso os participantes receberão um Certificado de Qualificações, com aproveitamento, no caso do alcance dos objetivos definidos e da participação em, pelo menos, 90% da duração da formação. Esta UFCD - Unidade de Formação Modular Certificada está integrada no Catálogo Nacional de Qualificações e faz parte do percurso profissional - Técnico/a de Secretariado, de nível de qualificação - 4 , que confere equivalência ao 12º ano de escolaridade, pelo que, a certificação nesta UFCD, contribui para uma qualificação profissional daquele nível.

Mais informações:

Tel. 261 330 830 
Email: geral@aciro.pt

Notas:

As datas podem ser alteradas.
Entregar junto com a inscrição fotocópias do cartão de cidadão e certificado de habilitações.
Os desempregados devem entregar uma declaração do Centro de Emprego.