Revisão do Regime Jurídico do Arrendamento Urbano
Foi com profunda preocupação que a CCP (Confederação do Comércio e Serviços Portugal) viu aprovar na Assembleia da República, com os votos do PSD e do CDS, a revisão do Regime Jurídico do Arrendamento Urbano, tendo-se mantido praticamente inalterada a proposta apresentada pelo Governo no que respeita ao arrendamento não habitacional (aplicável às actividades de comércio e serviços). 

Para ler mais carregue aqui