CCP preocupada com falta de soluções para a crise económica
O presidente da Confederação do Comércio e Serviços (CCP), João Vieira Lopes, mostrou-se hoje preocupado com a falta de soluções para ultrapassar a crise económica, considerando que as propostas do Presidente da República em nada alteram a situação.

“Não vemos como é que há condições para alterar esta política económica, que nos está a levar para o abismo, independentemente de tudo o que se está a passar em termos políticos. Nós temos um conjunto de propostas, mas, neste momento, nem percebemos exatamente qual é o formato atual do Governo”, comentou o presidente da CCP.

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, propôs hoje, numa comunicação ao país, um "compromisso de salvação nacional" entre PSD, PS e CDS-PP que preveja eleições antecipadas a partir de junho de 2014 e considerou “extremamente negativo para o interesse nacional" a realização imediata de eleições legislativas antecipadas.

Para João Vieira Lopes, “o grande problema que se põe é alterar o rumo da política económica”, e o discurso de Cavaco Silva não trouxe soluções.

“Promover entendimentos estratégicos entre forças políticas, toda a gente está de acordo. O que nos parece é que, no caso de não se encontrar uma saída para uma alteração significativa da política económica, continuaremos em recessão, com o encerramento de empresas e aumento do desemprego”, acrescentou o dirigente da CCP.

Lusa